28 abril 2015

Na minha infância era diferente


    Se em alguma manhã eu acordasse com uma nova chance de voltar no tempo, eu não pensaria duas vezes, e retornaria aos meus 12 anos. Naquele tempo tudo parecia diferente demais em relação à infância de hoje. Acostumava acordar de manhãzinha em um sábado, tomava aquele café da manhã caprichado - Um copo de leite com Nescau e aquele pão quentinho, que com certeza fazia parte da ultima remessa que havia saído do forno da padaria - Depois de “reforçar bem o estomago” como meu pai dizia, eu acabava indo para meu quarto e espalhava todos os meus brinquedos em um cantinho e começava a brincar, criava vozes para todas as minhas bonecas, perguntava e respondia ao mesmo tempo. 
    Tinha dia que eu acordava “irritada com o mundo” em minha volta, pois eu era a única menina da casa, e meus irmãos mal brincavam comigo, até porque eram meninos e não entendiam absolutamente nada de brincar de Barbie. Bom, assim era meu pensamento. Mas no final da tarde todas as crianças que moravam naquele quarteirão se reuniam para brincar juntas. Cada dia era escolhida uma nova brincadeira. Foram tantas, como queimada, pique-bandeira, pique-esconde, pique-pega, caça ao tesouro, pular corda e outras que não havia um nome certo, apenas inventávamos regras e passávamos a brincar. Tinha dia que esquecíamos da hora e quando percebia minha mãe já estava na porta de casa me gritando para ir embora, pois já estava ficando tarde. Uma das minhas brincadeiras preferidas na minha infância era a queimada, o problema era que sempre fui magrinha e não conseguia segurar muito bem na bola, apesar de fazer uma força tremenda para acertar uma pessoa, ela sempre conseguia pegar a bola. Mas uma coisa eu sabia fazer muito bem, conseguia desviar de muitas jogadas de bola contra mim, e na maioria das vezes eu era a ultima a ser acertada. Ser magra e pequena tem lá suas vantagens nessas horas. 
    Infelizmente alguns meses atrás ouvir a infeliz resposta de uma mãe ao perguntar que brinquedo ela daria para o seu filho no Dia das Crianças, e sabe o que ela respondeu? “Não vou dar brinquedo nenhum, meu filho não sabe brincar, sempre quebra os brinquedos.” Exatamente com essas palavras. Acho que se todos os pais pensassem assim, eu e meus irmãos não teríamos mais brinquedos, pois no final da contas o brinquedo sempre aparecia com aquele “quebradinho”. E qual seria o sentido de ser criança sem brinquedos e sem poder brincar? Mas quando falo em brinquedos é brinquedos mesmo, e não essas tecnologias de ultima geração. O que mais vemos por aí são crianças sentadas lado a lado sem trocar nenhuma palavra, apenas concentradas na tela de um tablet, ou celular. Já não se ver mais crianças nas ruas, nas calçadas brincando como antes, as brincadeiras foram esquecidas, os parques a cada dia estão sendo menos visitados pelas famílias. E aquele velho balanço que muitas crianças balançavam? Tornou-se um grande solitário.

    ✿ Visitem também: Página do blog  |  Instagram  |  Youtube  |  Tumblr  |  Grupo no facebook 


Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Sua postagem é simplesmente maravilhosa....Nota mil!!!
    Falou e disse tudo. Hoje muitas crianças esquecem o que há de mais fantástico na infância-->a brincadeira, me refiro a brincadeira mesmo, de espalhar e bagunçar os brinquedos e se deixar levar pela imaginação. Reunir as crianças da vizinhança para brincar e criar novas brincadeiras.
    É na brincadeira que a criança aprende as coisas mais importantes para sua vida adulta!
    A tecnologia têm seu lado positivo sim, o problema é quando ela torna-se a única forma de entretenimento, diversão e brincadeira para a criança. Afinal de contas, somos crianças uma única vez na vida e devemos viver esta fase da forma mais plena possível.
    Lindo demais seu texto...consegui até imaginar as cenas aqui...Acredita?!
    http://meumundorosapynk.blogspot.com.br/
    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Que bonitinho! ♥ Com 12, eu já não brincava mais e nunca fui de quebrar brinquedo nenhum, tenho vários até hoje em perfeitas condições. Texto lindo demais ♥

    Beijinhos! • Amanda Vitória Blog

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...